4 de dezembro de 2011

Professora é pega por usar computador de escola para gerenciar sites pornos




Heidi Kaeslin, uma professora de educação especial na Califórnia, está de licença remunerada por possíveis violações éticas, depois que funcionários da escola descobriram que ela usava um laptop fornecido pela instituição para gerenciar um esquema de pornografia online.

O encarregado de recursos da escola, Richard Fields, também está sendo investigado por envolvimento. Kaeslin negou declarações sobre a acusação, mas Fields, que era membro da polícia da cidade quando as supostas atividades aconteceram, admitiu participação, alegando que o envolvimento da professora foi pequeno. A escola contratou um especialista forense para fazer a inspeção no MacBook usado. O relatório do especialista deve chegar na próxima semana e, com base nele, o caso será julgado até o fim do ano.

Segundo Chet Quaide, um advogado representando a escola, o código de ética do Stockton School District define “conduta não-profissional” como ações que “envolvem perigo à condição dos estudantes; evidenciam malícia, incompetências sérias ou julgamento falho, ou mostrem um padrão consistente de falha de conduta”.

Fonte: Yahoo News
#Compartilhe:

Nenhum comentário:

© Hacker do Bem All rights reserved | Theme Designed by Seo Blogger Templates